Luiz Ayrão | Show “Samba de Respeito”

1 de novembro de 2019 19:30 - 21:30

Luiz Ayrão apresenta o show “Samba de Respeito” no Teatro Rival. O espetáculo faz parte da turnê de lançamento do álbum “Um Samba de Respeito”. Celebrando 50 anos de carreira, Luiz Ayrão traz para os palcos cariocas o show “Samba de Respeito”, baseado em seu mais recente álbum “Um Samba de Respeito” (Universal Music), recheado de sambas inéditos e participações de bambas consagrados.
Ayrão apresenta seu “Samba de Respeito” no palco do Teatro Rival Petrobrás, dia 01 de novembro, sexta-feira, às 19h30.

No show estão presentes seus grandes sucessos como: “Porta Aberta”, “Bola Dividida”, “Mulher à Brasileira”, “Nossa Canção”, “Ciúme de Você”, “Os Amantes” e também, as novas canções como o delicioso samba de breque “Tentação de Malandro”, o bem-humorado “No Cravo e na Ferradura”, o samba suingado de “Um Samba Merece Respeito”, o romântico “Oxitocina” e ainda “Pobre Passarinho”, “Pétalas de Rosas” e “Fina Ironia”.

Clássicos do samba completam o repertório emocionando o público e mostrando que o samba merece respeito, sim, senhor!

www.luizayrao.com.br

Duração aprox. 90 min. Livre.

Assista o Canal do Ayrão no YouTube: http://bit.ly/Canal_LuizAyrão

Ouça agora o álbum completo #UmSambaDeRespeito : https://bit.ly/2VYJZAa

Siga Luiz Ayrão nas redes sociais:
Fb: LuizAyraoOficial > ▶︎ https://www.facebook.com/LuizAyraoOficial
▶︎ In: luizayrao > https://www.instagram.com/luizayrao
▶︎ Tw: @luiz_ayrao > https://twitter.com/luiz_ayrao

 

Teatro Rival – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Data: 01 de novembro (sexta). Horário: 19h30. Abertura da casa: 18h. Ingressos: R$ 60,00 (Inteira),  R$ 30,00 (meia-entrada). Venda antecipada pela Eventim – http://bit.ly/TeatroRival_Ingressos2GIaEKp  Bilheteria: Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h Censura: 18 anos. www.teatrorival.com.br. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 350 pessoas. Metrô/VLT: Estação Cinelândia.

*Meia entrada: Estudantes, Idosos, Professores da Rede Pública e Assinantes O Globo